A turma do 5º G da EB 2/3 de Nevogilde, criou um blogue para toda comunidade escolar.... Um blog multidisciplinar... Participa!!!

27
Fev 09

 A nossa vencedora do corta-mato da escola : Diana 5ºG com seu professor E.Física Toni

publicado por OceanoPacifico às 22:18
sinto-me:

18
Fev 09

 

O Golfinho  
 
A principal época de acasalamento é entre Março e Abril. Os golfinhos juntam-se nesta altura, por um breve espaço de tempo, em que o macho demonstra preferência pela companhia de um determinada fêmea. A corte pode ser feita de forma violenta, com muitas cabeçadas pelo meio.
As crias nascem no pico do Verão em águas europeias e entre Fevereiro e Maio na Florida. A ligação entre a mãe e a cria é tão forte que já se testemunhou mães a trazerem crias mortas á superfície, como que a querer ajudá-las a respirar. A mãe  e a cria permanecem juntas até esta Ter quatro ou cinco anos de idade.

Quando estão em liberdade os golfinhos alimentam-se de 8 a 10 kg de lulas, camarão, enguias e outros peixes, por dia. Caçam frequentemente em grupo, encurralando pequenos peixes e capturando os que saem do cardume; em algumas águas, seguem os barcos de pesca para se banquetearem com as sobras. As técnicas de caça dependem muito da localização. Na Carolina do Sul, EUA, por exemplo, os golfinhos seguem o peixe até à costa e empurram-no até à praia, capturando-o No entanto, no Golfo do México, já foram avistados golfinhos que jogam as suas presas ao ar com os lobos das caudas, para as atordoarem, e depois capturam-nas à superfície. Alguns pesquisadores acreditam que estes conseguem atordoar as suas presas emitindo altos ruídos.
 
Os golfinhos nariz de garrafa viajam em grupos familiares de um a dez indivíduos, em regiões costeiras, e por vezes até 25 em mar alto, apesar de já se terem registado grupos de 500 elementos. Dentro destes grupos, é vulgar passarem o tempo com os seus companheiros favoritos. As fêmeas e as crias pequenas andam normalmente juntas, tal como os machos. É possível avistar o golfinho nariz de borracha a acompanhar a onda de proa dos navios e fazer piruetas, podendo sair vários metros para fora de água. Dormem cerca de oito horas por dia e nadam a uma velocidade de cerca de 20 km por hora, podendo mergulhar até 20 minutos e a uma profundidade de 300 m. Os machos lutam ferozmente pelas fêmeas durante a época da reprodução. Um golfinho nariz de garrafa faz uma pirueta para respirar e também, para comunicar com os seus parceiros.
 
Fonte: Diana e Rute
publicado por OceanoPacifico às 18:03
sinto-me:

11
Fev 09

 

Rosas brancas

Se tudo na vida é relativo.
Relativa também é a ideia que cada um faz da felicidade.

Para uns, felicidade é dinheiro no bolso, cerveja na geladeira, roupa nova no armário.
 Para outros a felicidade representa o sucesso, a carreira brilhante, o simples fato de se achar importante, (ainda que na verdade as coisas não sejam bem assim).
 
 
 
 
 
Para outros tantos, ser feliz é conhecer o mundo, ter um conhecimento profundo das coisas da Terra e do Ar.
 
Mas para mim, ser feliz é diferente.
Ser feliz é ser gente, é ter vida.
Que como dizia o poeta:

“É bonita, é bonita, é bonita...”
 
Felicidade é a família reunida.
É viver sem chegada, sem partida.
É sonhar, é chorar, é sorrir... 

Felicidade é viver cercado de amor, é plantar amizade, é o calor do abraço daquele amigo, que mesmo distante, lembrou de dizer: “Alô”.
 Ser feliz é acordar as cinco da matina, depois de ter ido dormir as três da madrugada, com sono e para lá de cansado, só para dar uma pontinha da cama, para o filho dormir.
Ser feliz é ter violetas na janela, é chá de maçã com canela, é pipoca na panela.
 É um CD bem méla-méla, para esquentar o coração.
Ser feliz é curtir sol radiante, frio aconchegante, chuvinha ou temporal.

Ser feliz é enxergar o outro (e sabe-se lá quantos outros, que cruzam nossa estrada).
Ser feliz é fazer da vida, uma grande aventura, a maior loucura, um enorme prazer.
Ser feliz é ser amigo, mas... Antes de tudo é ter amigos, exactamente assim:
COMO tu!!!
 
                 Trabalho realizado por:
           Diana
           Rute
          Catarina
             Daniel

 

publicado por OceanoPacifico às 23:29
sinto-me:

05
Fev 09
img_0836_desktop_resolution_.jpgNo próximo dia 7 de Fevereiro (Sábado de manhã) realizar-se-á o 1.ºEncontro de Jogos Tradicionais na nossa escola.
As escolasparticipantes são: E.B. 2,3 de Nevogilde; E.B. 2,3 de Caíde de Rei; E.B.2,3 de Penafiel n.º2; E.B. 2,3 de Cristelo e Escola Profissional do Marco de Canavezes.

O início da actividade está previsto para as 10h.
Vem apoiar a equipa da tua escola! Estamos a contar contigo!
publicado por OceanoPacifico às 16:01
sinto-me:

04
Fev 09

Quando eu for grande gostaria de ser Médica para poder ajudar as pessoas.

É uma profissão muito importante, cuida-se das pessoas que mais necessitem de nós. 
Há doenças graves tais como: tumores, mal ruins, leucemia, cancro, AVC, etc.
Por vezes os médicos não conseguem corar algumas doenças e as pessoas podem morrem.
Gostaria de melhorar essas coisas porque no nosso planeta está a ficar com muitas poucas pessoas por causa das malditas doenças.
Quando for grande vou me esforçar para conseguir corar essas doenças e melhorar o nosso ambiente.
Fonte:    Diana Meireles.
publicado por OceanoPacifico às 22:09
sinto-me:

Esta lenda passou-se no ano de 1166, no tempo em que Évora era ainda a Yeborath árabe, para grande desgosto de D. Afonso Henriques que a desejava como ponto estratégico da reconquista de Portugal aos Mouros. Geraldo Geraldes, um homem de origem nobre que vivia à margem da lei, era chefe de um bando de proscritos que habitavam num pequeno castelo nos arredores de Yeborath. Conhecido também pelo Sem Pavor, Geraldo Geraldes decidiu conquistar Évora para resgatar a sua honra e o perdão para os seus homens. Disfarçado de trovador rondou a cidade e traçou a sua estratégia de ataque à torre principal do castelo que era vigiada por um velho mouro e pela sua filha. Numa noite, o Sem Pavor subiu sozinho à torre e matou os dois mouros, apoderando-se em silêncio da chave das portas da cidade. Mobilizou os seus homens e atacou a cidade adormecida numa noite sem lua que, surpreendida, sucumbiu ao poder cristão. No dia seguinte, D. Afonso Henriques recebeu surpreendido a grande novidade e tão feliz ficou que devolveu a Geraldo Geraldes as chaves da cidade, bem como a espada que ganhara, nomeando-o alcaide perpétuo de Évora. Ainda hoje, a cidade ostenta no brasão do claustro da Sé, a figura heróica de Geraldo Geraldes e as duas cabeças dos mouros decepadas, para além de lhe dedicar a praça mais emblemática de Évora.

 

fonte: Marta Silva e Professor Nelson


03
Fev 09

 

O Futuro 2070...

 

fonte:Marta Silva

publicado por OceanoPacifico às 23:31

 O que é?

 

“ Um espaço privilegiado para o desenvolvimento da Educação para a Cidadania, visando o desenvolvimento da consciência cívica dos alunos como elemento fundamental no processo de formação de cidadãos responsáveis, críticos, activos e intervenientes”
 Objectivos Específicos da Formação Cívica
Debater os problemas da turma e resolver conflitos;
Valorizar as experiências vividas e sentidas pelos alunos;
Promover o diálogo e a reflexão sobre questões relativas à participação/actuação individual e colectiva nos diferentes espaços da escola, recorrendo a atitudes normas e valores que visem a sua preservação e melhoria.
Conteúdos
Regulamento interno da escola (análise e reflexão); - Eleição do delegado e sub-delegado de turma (reflexão prévia);
Reflexão sobre direitos e deveres dentro e fora da escola;
Sociedade (cidadania, democracia, consciência cívica, solidariedade, discriminação, violência, respeito pela diferença);

fonte: Prof.Filipe Silva Pereira / Aluna Paula Silva

publicado por OceanoPacifico às 17:37

 

A Monarquia Portuguesa
...os Reis e Rainhas de portugal
...as Dinastias que se sucederam
...e as respectivas bandeiras.
Na Biblioteca de 2 a 20 de Fevereiro
Org: Grupo H.G.P.
Coordenação Professor Nelson Costa/ ProfessoraMaria José Cruz
publicado por OceanoPacifico às 16:14

 

A União Europeia promove activamente o desporto. O desporto e o lazer são benéficos para a saúde e desempenham um papel social e educativo. A União Europeia quer transmitir a mensagem de que a actividade física pode contribuir para melhorar a saúde. Nomeadamente, o desporto também pode desempenhar um papel essencial para a manutenção de um bom estado de saúde, prevenir as doenças e eliminar o excesso de peso.
A Comunidade pretende dar ao desporto uma dimensão europeia. A criação de um enquadramento favorável ao desporto e ao lazer deverá reduzir o número de acidentes e lesões. A actividade física e a prevenção das lesões são objectivas essenciais de diversos projectos que contam com o financiamento da União Europeia e o apoio do Programa de Acção Comunitária no domínio da Saúde Pública (2003-2008). Através da recolha de dados relativos às lesões e aos acidentes verificados nos Estados-Membros e da utilização de sistemas de classificação comuns e de métodos comparáveis, a União pretende apoiar as acções conjuntas dos organismos nacionais e das associações desportivas para melhorar a segurança a nível europeu.
publicado por OceanoPacifico às 15:58
sinto-me:

 

                     Classroom objects                       
 Board-quadro                    Pencil case-porta lápis
Pen-caneta                         Pencil sharpener
Chair-cadeira                     Rubber-borracha
Register-livro de ponto       Desk-secretaria
Noticeboard-quadro informativo          Map-mapa
Poster-poster      Computer-computador
Book-livro         CD Player-leitor CD
Pencil-lápis       Paper-papel /trabalho
Ruler-regua            Exercise book-livro de ponto
File-capa de arquivo            Bag-mochila
    Countries                         Nacionalities
Portugal                          Portuguese
France                           French
Spain                             Spanish      
England                           England
Switzerland                     Swiss
Germany                          German            
Angola                          Angolan 
China                             Chinase
Japan                           Japonese
Greece                            Greek 
Brazil                           Brazilian    
USA (United States        American
      of America
                   Number
22-twenty-two                      90-ninety 
21-twenty one                       100-one hundred
28-twenty-eighty                   200-two hundred
30- thirty                            300-three hundred
35-twenty-five                      400-four hundred
40-forty                             500-five hundred
45-forty-five                        600-six hundred
50-fifty                              700-seven hundred
60-sixty                             800-eight hundred
70-seventy                          900-nine hundred
80-eighty                           1000-one thousand
        Affirmative Form
I am-I‘m                        We are-We’re
You are-You’re                You are-You’re
He is-He’s                         They are-They’re
She is-She’s
It is-It’s
                    Verb “TO BE” Interrogative Form
 I am not-I’m not
You not-You’re not-You aren’t
He is not-He’s not-He isn’t
She is not-She’s not-She isn’t
It is not-It’s not-It not
 We are not-We’re not-We aren’t
You are not –You’re not-You aren’t
They are not-They’re not-They aren’t
       Verb “To be” intorragative Form
Am I…?                    Is it...?
Are you…?                  Are we…?
Ts he...?                       Are you…?
Is she…?                     Are they…?  
publicado por OceanoPacifico às 15:54
tags:

  O que é a Área de Projecto e para que serve?
É uma nova Área Curricular não disciplinar, que pode ajudar o aluno a adquirir métodos para organizar os seus trabalhos e desenvolver a capacidade de autonomia/o saber fazer sozinho/formas do aluno realizar as suas próprias aprendizagens e ainda de trabalhar em grupo.
Como e o que se faz?
Realizam-se projectos.
Primeiro escolhe-se um tema ou encontra-se um bproblema ou necessidade.
Seguidamente, com a ajuda do professor, o aluno será orientado ao longo de todo o processo. Sendo o aluno o “protagonista” e o professor um elemento orientador.
O aluno irá aprender:

  • A consultar diversas fontes de informação;
  • A elaborar sínteses;
  • A organizar e realizar trabalhos originais;
  • A trabalhar em grupo; etc.....
publicado por OceanoPacifico às 15:52

27
Jan 09

 

publicado por OceanoPacifico às 22:38

 

IAQUE
 
SABIAS QUE…
…as suas fezes são usadas como carvão para cozinhar em algumas comunidades chinesas? Lá, no Inverno, as temperaturas chegam a 45graus negativos e é o único combustível que existe com fartura!
 
QUIMERA
 
SABIAS QUE…
…os machos das quimeras têm 5 barbatanas modificadas para se reproduzirem?
 
LINCE
 
SABIAS QUE…
…este animal ainda é da família dos gatos? Mas não é tão mansinho.
 
GNU-AZUL
 
SABIAS QUE…
…os cornos do gnu-azul dobram para o lado e para cima e medem 80cm nos machos e 30 a 40cm nas fêmeas?
 
 
PEIXE-NAPOLEÃO
 
SABIAS QUE…
…o peixe-Napoleão come alguns animais venenosos, tais como o peixe-cofre, a lesma-do-mar e a estrela-coroa-de-
-espinhos?
 
LONTRAS-MARINHAS
 
SABIAS QUE…
…as lontras-marinhas são da família das doninhas-
-fedorentas? Mas não contes a ninguém…As lontras não gostam nada que se saiba isto…
 
PINGUINS
 
SABIAS QUE…
…os pinguins caminham de uma forma cómica a uma velocidade de 3,2km/hora? Mas a nadar são campeões: atingem 24km/hora!
 
PANDA-VERMELHO
 
SABIAS QUE …
…antigamente, acreditavam que os pandas afastavam os maus espíritos e os desastres naturais?
 
DRAGÃO-DE-KOMODO
 
SABIAS QUE…
O dragão-de-Komodo pode viver, em média, 50 anos?
 
 
ANACONDA – VERDE
 
SABIAS QUE…
…a anaconda-verde também se alimenta de outras serpentes?
 
PEIXE – LUA
 
SABIAS QUE…
…o peixe-lua existe nas zonas temperadas de todos os oceanos? Isso mesmo, na costa portuguesa também…
 
 
PAPAGAIOS – DO – MAR
 
SABIAS QUE…
…o bico dos machos fica com cores mais vivas na altura do acasalamento?
 
PEIXE – PALHAÇO
 
SABIAS QUE…
Os peixes-palhaços não se picam nas anémonas porque têm um líquido pegajoso por todo o corpo que os protege do veneno?
publicado por OceanoPacifico às 17:32

22
Jan 09

    

  Loira e macaca. Muito sexy!        

   Não acham?  

 

Fonte: Márcia Ribeiro

publicado por OceanoPacifico às 13:53
tags:

21
Jan 09

Os quatro elementos da natureza, terra, água, ar e fogo, constituem as quatro grandes portas do templo, ou do inconsciente humano. Tudo que existe neste mundo só existe pela combinação, pelo arranjo destes elementos básicos. O corpo humano é um exemplo vivo disto: a terra é representada pela ossatura, pelos músculos, enfim por toda a massa física de que é feito nosso corpo. A água se vê representada em todos os nossos humores, incluindo aí o sangue e a linfa. À semelhança do planeta, dois terços do organismo humano é água. O ar vital para todos é o elemento da respiração e o que nos liga a todo o resto do universo. O fogo presente na digestão é quem transforma o alimento que ingerimos em acção e movimento.

 

Prof: Sandra Campos

publicado por OceanoPacifico às 16:36
tags:

20
Jan 09

QUANDO TUDO ACONTECEU...
 
 
1109: Provável ano de nascimento, em Coimbra, do infante Afonso Henriques, filho do conde Henrique de Borgonha e de dona Teresa, bastarda do rei Afonso VI de Castela e Leão. No mesmo ano morre Afonso VI. Início da disputa entre dona Urraca, a herdeira legítima, dona Teresa e vários outros pretendentes ao trono. A briga pelo poder dura anos.
 1122: Afonso Henriques antecipa em sete séculos um gesto de Napoleão Bonaparte. Ignorando o cardeal que presidia a cerimónia, arma-se cavaleiro na catedral de Zamora. 
1128: Afonso Henriques luta contra a mãe, dona Teresa, e seu aliado, o conde galego Fernão Peres de Trava. As tropas de Afonso Henriques e dona Teresa enfrentam-se no campo de São Mamede, junto ao castelo de Guimarães. O exército galego é derrotado. Esta vitória leva dona Teresa a desistir da ideia de anexar a região portucalense ao reino da Galícia.
1129: No dia 6 de abril, Afonso Henriques dita uma carta em que se proclama soberano das cidades portuguesas.
1135: Afonso VII, filho de dona Urraca, é coroado “imperador de toda a Espanha” na catedral de Leão. Afonso Henriques recusa-se a prestar vassalagem ao primo.
1137: Paz de Tui. Após lutar com Afonso VII no Alto Minho, Afonso Henriques promete ao imperador “fidelidade, segurança e auxílio contra os inimigos”.
1139: Batalha de Ourique. Afonso Henriques vence cinco reis mouros.
1140: Afonso Henriques começa a usar o título de Rei.
1143: Provável Tratado de Zamora no qual estabelece a paz com o primo Afonso VII. Primeiro passo para a independência portuguesa. Afonso Henriques escreve ao Papa Inocêncio II e declara-se a si mesmo (e a todos os descendentes) “censual” da Igreja de Roma. A palavra “censual” significa que Afonso Henriques é obrigado a prestar obediência apenas ao Papa. Na região que governa, portanto, nenhum outro poder é maior que o dele.
1147: Afonso Henriques expulsa os mouros de Lisboa e várias outras cidades portuguesas.
1169: Afonso Henriques é feito prisioneiro pelo rei de Leão, Fernando II.
1179: A Igreja Católica reconhece,                                                                     formalmente, a realeza de Afonso Henriques.
1180: Final dos conflitos com Fernando II, de Leão, pela posse de terras na região da fronteira e costa da Andaluzia.
1185: Afonso Henriques morre na cidade em que nasceu. Sua herança, além de imensa fortuna, é o Condado Portucalense, primeiro território europeu que estabelece sua identidade nacional.

 

aluno: Márcia Silva

Prof: Nelson Costa


 

A metamorfose é uma transformação na forma e na estrutura do corpo, bem como um crescimento de muitos animais, como insectos e anfíbios, até chegarem ao estado adulto.
Depois do nascimento, os animais podem sofrer dois tipos de desenvolvimento: directo, ou indirecto. No desenvolvimento indirecto os animais nascem diferentes da forma adulta, assim os indivíduos passam pela metamorfose.
                  A metamorfose da rã
A mãe rã com os seus ovos;
 
 
 
Após cerca de cinco dias, já se notam mudanças.
Os filhos da mãe rã já nadam.

 

Aluno: José Silva

Prof: António Pereira

publicado por OceanoPacifico às 17:20

A ginástica é um desporto que envolve a prática de uma série de movimentos que exigem força, flexibilidade e coordenação motora. Ela se desenvolveu à partir dos exercícios físicos realizados pelos soldados da Grécia antiga, incluindo habilidades para montar e desmontar um cavalo e habilidades semelhantes a executadas em um circo, como fazem os chamados acrobatas. Naquela época, os ginastas praticavam o exercício nus (gymnos – do grego, nu), nos chamados gymnasios, patronados pelo deus Apolo. O esporte só voltou a ser retomado - com ênfase desportiva e militar - no final do século XVIII na Europa com o nascimento da escola alemã de Friedrich Ludwig Jahn - de movimentos lentos, ritmados, de flexibilidade e de força - e com a escola sueca, que introduziu a melhoria dos aparelhos na prática do esporte.

Além destas, há a ginástica geral ou ginástica para todos, que nada mais é do que série de exercícios com número elevado de repetições para grupos musculares distintos, com o fim de molda-los ou defini-los anatomicamente falando. A ginástica geral é uma das modalidades ou actividades mais requisitadas nas academias, em especial para atendimento de grupo adultos, que querem melhorar o tônus muscular nas regiões abdominais, parte posterior de membros superiores e também coxa e glúteos.

Ginástica Aeróbica, Ginástica Localizada ou simplesmente Ginástica consiste basicamente em sessões estruturadas de séries de exercícios com número elevado de repetições para grupos musculares distintos, com a finalidade de aprimorar: o tônus muscular, as capacidades aeróbia, anaeróbia, flexibilidade ou o condicionamento físico como um todo. A ginástica é uma das atividades mais requisitadas em academias, em especial para atendimento de grupos adultos.

O termo ginástica origina-se do grego gymnádzein, que significa treinar e, em sentido literal, "exercitar-se nu", a forma como os gregos praticavam os exercícios

 

E.F. Professor Toni

publicado por OceanoPacifico às 14:22

17
Jan 09

 

Deslizar sobre rodas!!!

publicado por OceanoPacifico às 20:47

Fevereiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
12
13
14

15
16
17
19
20
21

22
23
24
25
26
28


blogs SAPO
arquivos
2009